[AssettoCorsa] »»» Campeonato Seat Leon TCR Cup # 4ª Prova ««« [21-05-2018]
[Raceroom] »»» Campeonato BMW M235i CUP # 3ªProva ««« [22-05-2018]
[Raceroom] »»» Campeonato GT3 VRC Series 2018 ««« [Inscrições Abertas]

Facebook :
Avaliação do Tópico:
  • 0 voto(s) - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
R.I.P. - Relatorios de Incidentes de Prova
#1
Prova 1 - Laguna Seca




Protestos:


1 - André Almeida apresentou protesto contra o Tiago Loureiro que na primeira corrida (ultima curva) da um toque ma traseira obrigando o pilotos André Almeida a sair de pista perdendo assim posições.
Análise:
A abordagem à curva feita por ambos os pilotos é bastante diferente e com isso resultou o toque.
Consideramos assim que o piloto Tiago Loureiro deveria ter-se prevenindo dos acontecimentos evitando o contacto ao não manter o seu ritmo normal uma cez que tem um carro a sua frente.
Penalização: Regra 1
6 pontos devido a perda de duas posições pelo piloto André Almeida

2 - André Almeida apresentou protesto contra o Carlos Miranda que na primeira corrida (ultima curva) lhe da um toque na traseira provocando o despiste.
Análise:
O André Almeida assume uma trajectoria defensiva usando o lado esquerdo da pista voltando lentamente para o lado direito ate ao ponto de travagem n
ao se apercebendo que o Carlos Miranda já estava a ocupar essa linha.
Considera-se assim incidente de corrida.

3 - George Almeida apresentou protesto contra o Henrique Santos que na primeira corrida provoca uma saida de pista na T5.
Análise:
Sendo que os pilotos estão lado a lado na entrada da curva o contacto apenas seria evitado se ambos os pilotos mantivessem as suas linhas.
Consireda-se assim incidente de corrida

4 - George Almeida apresentou protesto contra o Ricardo Silva que na primeira corrida provoca uma saida de pista na T5.
Análise:
À semalhança de outro caso, o George Almeida opta por uma trajectoria e em seguida tenta voltar à trajectoria normal sem se aperceber que ja la estava outro carro originando o primeiro contacto.
Em seguida é tocado com mais violencia provocando o seu despiste mas não deixa de ser a consequencia do primeiro acto.
Consireda-se assim incidente de corrida


Análise da Direcção de Prova

Na corrida 1 da sala 2, houve um acontecimento que é considerado improprio e como tal deve ser pelalizado.
Os pilotos envolvidos são:
Antonio Ferreira
Hugo Alexandre
José Vascocelos

Análise:
O piloto Hugo Alexandre passando para la dos limites da pista, ultrapassa o Antonio Ferreira de forma ilegal, com a gravidade de ter batido provocando a perda de controlo do carro e perda de posição. Não houve também qualquer intenção do Hugo em devolver a posição ao António.
O Piloto José Vasconcelos bloqueia deliberadamente o Hugo Alexandre com mudanças de trajectórias consecutivas.
O Pilotos Antonio Ferreia embate na traseira do Hugo Alexandre sem mostrar qualquer intensão de evitar o contacto.

Não havendo nenhuma regra especifica para este tipo de acontecimento a direcção da prova define assim uma penalização será de 5pts a cada piloto envolvido devido ao comportamento demonstrado.
#2
Prova 2 - Brands Hatch


Protestos

1 - André Prates apresentou protesto contra o Nuno Rosa que na primeira corrida (T6) da um toque na lateral obrigando o pilotos André Prates a sair de pista perdendo assim 3 posições.
Análise:
Embora o Piloto Nuno Rosa ja esteja lado a lado na abordagem à curva, e com vantagem, este trava/entra um pouco tarde perdendo a trajectória ideal levando consigo o Andre Prates.
Penalização: Regra 1
9 pontos devido a perda de 3 posições pelo piloto André Prates

2 - Alexandre Rosa apresentou protesto contra o George Almeida que na primeira corrida (T3) lhe da um toque provocando o despiste.
Análise:
Sendo que o Piloto Alexandre Rosa ja se encontra ao lado do George Almeida na abordagem à curva, este último ainda tem vantagem e não é obrigado a facilitar saindo da sua trajectória.
Neste caso caberia ao Alexandre Rosa prever e prevenir o contacto tendo em conta a dificuldade da própria curva.
Considera-se assim incidente de corrida.


3 - Alexandre Rosa apresentou protesto contra o Hélder Roias que na primeira corrida (abordagem a ultima curva) lhe da um toque provocando o despiste.
Análise:
O piloto Hélder Roias inicia a abordagem a ultima curva demasiado cedo sem ter noção de que ao seu lado estava o Alexandre Rosa provocando assim o contacto e o despiste ambos.
Penalização: Regra 1
6 pontos devido a perda de 2 posições pelo piloto Alexandre Rosa

Análise da Direcção de Prova

Pede-se apenas para terem um pouquinho mais de cuidado.
Para os mais novatos, podem também treinar com AI's sempre da para aprender melhor os espaços e distancias Wink
[Imagem: LOGO.png]
#3
Prova 3 - Imola


Protestos

1 - Filipe Gordinho apresentou protesto contra o Hugo Piedade que na primeira corrida (T6) da um toque na traseira obrigando o pilotos Filipe Gordinho a sair de pista perdendo assim 1 posição.
Análise:
Há claramente dificuldade na abordagem à chicane por parte do Filipe Gordinho que obriga o Hugo a tomar algumas precauções. É notória a intenção do Hugo Piedade de evitar o contacto mantendo o travão pressionado, ainda assim houve contacto.
Pelo demonstrado, considera-se assim incidente de corrida

2 - Nuno Quá apresentou protesto contra o Filipe Gordinho que na primeira corrida (T14) lhe da um toque com perda de posições.
Análise:
O protesto contra o Filipe Gordinho em si não tem fundamento pois quem realmente prova o acidente é o Ricardo Silva.
Penalização: Regra 1 (pelos dois pilotos Nuno e Filipe)
5 pontos pela perda de 1 posição do Filipe Gordinho e 6 por perda de 2 posições do Nuno Quá.

3 - Nuno Quá apresentou protesto contra o Filipe Gordinho que na segunda corrida (T11) lhe da um toque com perda de posições.
Análise:
O piloto Filipe Gordinho trava tarde e mesmo tentando evitar o toque este acontece, fazendo com que o Nuno Quá perdesse a posição para um terceiro piloto em luta.
Penalização: Regra 1
5 pontos por perda de 1 posição por parte do Nuno Quá.

4 - André Silva apresentou protesto contra o Nuno Rosa que na Primeira corrida (T15) faz obstrução com perda de posição.
Análise:
O piloto Nuno Rosa sai de um slowdown e imediatamente tenta ocupar a trajectória impedindo que o André Silva saia da curva devidamente e com isso ainda perca a posição para um terceiro piloto em luta.
Penalização: Regra 4
7 pontos pela mudança de trajectoria + 5 pontos por perda de 1 posição por parte do André Silva

5 - André Silva apresentou protesto contra o André Almeida que na primeira corrida (T8) lhe da um toque.
Análise:
O piloto André Almeida sai de pista e retorna devidamente e sem por em causa os restantes pilotos. Imediatamente fica em luta por posição com o André Silva e seguem lado a lado por mais duas curvas acabando por se tocarem com desvantagem para o André Silva.
Não se vendo intencionalidade ou descuido por parte de qualquer dos pilotos resta-nos considerar incidente de corrida.

6 - Luis Ferreira apresentou protesto contra o André Almeida que na primeira corrida (T15) faz obstrução com perda de posição.
Análise:
O piloto André Almeida sofre um slowdown na entrada da curva e quase pára para cumprir a penalização assustando o Luis Ferreira fazendo com que este perca o controlo do carro e com isso ser penalizado vindo a perder posições.
Embora o André Almeida pudesse ter cumprido a penalização depois da curva e fora da trajectória, o mesmo também não se encontrava a ocupar a linha de corrida aquando a chegada do Luis que literalmente se assusta.
Considera-se incidente de corrida.

7 - Hugo Piedade apresentou protesto contra o Filipe Gordinho que na segunda corrida (T8) lhe da um um toque com perda de posições.
Análise:
O piloto Filipe Gordinho não tem o devido cuidado na luta com o Hugo Piedade no percurso entre a T7 e a abordagem à T8 provocando o despiste do Hugo Piedade com perda de várias (14) posições.
Penalização: Regra 1 e Regra 6
Atendendo ao numero de posições perdidas e a reincidência nos protestos o piloto Filipe Gordinho fica desqualificado da prova 3

8 - Hugo Piedade apresentou protesto contra o José Nuno que na primeira corrida (T2) lhe da um um toque com perda de posições.
Análise:
O piloto José Nuno é passado durante a recta e depois tenta recuperar a posição na travagem para a T2 perdendo o controlo do carro levando consigo o Hugo Piedade perdendo assim 4 posições directas.
Penalização: Regra 1
12 pela perda de 12 posições por parte do Hugo Piedade.



Análise da Direcção de Prova

Tendo em conta o numero de protestos e a gravidade de alguns deles,  no futuro, situações idênticas serão penalizadas com mais gravidade para os intervenientes. Não sei me entendem......


Os piores erros de condução que vejo são travagens tardias e mal calculadas que acabam por prejudicar os outros. Tentem perceber que travar mais cedo não implica andar mais devagar. Só isto....

Boas corridas.
[Imagem: LOGO.png]